CARNAÚBA

 

Objetivo Principal

Articular e promover cooperação com gestões municipais que convivem com fortes limitações de recursos, que limitam sua capacidade de gerar valor público, a partir do desenvolvimento de ações educacionais e de consultoria, inovadoras e replicáveis, para a melhoria da gestão pública e a qualificação da participação social. 

 

Nordestinidade, ação e transformação

A Carnaúba é uma palmeira típica do semiárido nordestino, denominada popularmente de árvore da vida em razão de suas multifuncionalidades. A partir desse simbolismo foi pensada para dar nome a iniciativa cujo objetivo principal é a prestação de serviços de qualificação e aperfeiçoamento profissional de agentes públicos, bem como de consultoria especializada, no sentido de contribuir decisivamente para uma cultura organizacional que prestigie como valores e metas:
○ Melhoramento dos processos de concepção, implementação e avaliação de políticas públicas, buscando em boas práticas referenciais metodológicos e de resultados obtidos;
○Ampliação e aperfeiçoamento, ou, quando for o caso, criação dos mecanismos de escuta dos destinatários das ações públicas para fins de diagnostico de problemas, bem como desenho de soluções e avaliação de desempenho, visando conferir maior valor público (efetividade e utilidade) às políticas oferecidas;
○Aperfeiçoamento dos processos de tomada de decisão, tendo como pilares a governança aplicada ao setor público e a gestão de riscos;
○Formulação, implementação e fortalecimento de mecanismos de controle interno e transparência;
○Apoio técnico na elaboração do Planejamento Estratégico de órgãos públicos;
○Desburocratização da prestação de serviços e execução/supervisão de procedimentos por meio de Soluções de Tecnologia da Informação e de ferramentas de Gestão de Processos;
○ Formulação, implementação e supervisão de programas de integridade no âmbito da administração direta e indireta;
○Modelagem de processos de contratação pública, em conformidade com as disposições legais aplicáveis, que estimulem competitividade, economicidade,transparência e integração entre diferentes órgãos;
○Articulação com o setor privado para ampliar a provisão de bens públicos, gerando cidadania e desenvolvimento.
A iniciativa buscará dar condições para que administrações municipais, que gerenciam demandas urgentes num contexto de profunda escassez de recursos materiais e humanos, consigam gerar mais valor público por meio de suas ações, programas e
políticas.
Aqui o público alvo prioritário são as gestões municipais que apresentam maior limitação para o cumprimento de metas, objetivos e obrigações legais e constitucionais, o que será avaliado conforme critérios objetivos a serem oportunamente definidos.
Como ação inicial deverá ser constituído Grupo de Trabalho, ao qual caberádefinir estratégias e objetivos específicos, bem como planejar ações iniciais conforme capacidade de realização do Projeto Público.
O Grupo de Trabalho tem como missão inicial articular atuação perante algum município do Estado, considerando a necessidade e a urgência das medidas e a capacidade de articulação e abertura para sua implementação. Após, serão definidas as ações passíveis de implementação num primeiro ciclo de trabalho.

 

As soluções desenvolvidas deverão ser disseminadas perante as demais administrações locais, e para tal caberá buscar apoio de instancias de controle articulação governamental.